A capoeira faz sucesso na Rússia

 

Capoeira russa 2

 

Chico Alves

Matéria no jornal  “Gazeta Russa” mostra o sucesso da capoeira no país de Putin. O adido cultural da embaixada brasileira na Rússia estima em 50 mil os praticantes. As visitas e intercâmbios de capoeiristas brasileiros foram facilitadas com a queda do regime de vistos de turismo entre os países a partir de 2010 e isso ajudou muito o esporte. Mas hoje quem está à frente desse movimento são os próprios russos. Gente como Maria “Onça Branca” Cherstneva, de 34 anos. Ela é uma das fundadoras da escola “Sabotage Capoeira”, criada em 2007, em Moscou. Maria incentiva seus alunos a se aprofundar na filosofia do esporte e aprender o português e a cultura do Brasil.

A matéria do jornal russo segue: “Especialista em tecnologia da informação e design gráfico, “Onça Branca” ainda pratica surfe e mergulho, mas isso não lhe impede de se dedicar com afinco ao estudo do português brasileiro. “Ainda não falo tão bem a língua, mas o mestre já se acostumou com meu sotaque. Além disso, já consigo conjugar bem os verbos, não fico só no infinitivo”, conta.

Capoeir arussa 1

Material de divulgação de um evento de capoeira na Rússia

Já o fundador da Federação Russa de Capoeira, Roman Belov “Mestre Leão”, domina a língua e se dedica integralmente ao esporte. Em 2002, a federação empreendeu esforços para que a capoeira fosse reconhecida oficialmente pelo Ministério dos Esportes russo. Com o credenciamento concedido, hoje os capoeiristas do país podem receber título oficial de “mestre” sem sair da Rússia.”

A íntegra da reportagem pode ser lida em http://gazetarussa.com.br/bilateral/2015/09/18/paranaue-com-sotaque-ruso_425837.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *