O mundo sórdido de “Verdades Secretas”

Verdades

 

Chico Alves


Roteiro ousado, direção primorosa, bons diálogos, excelentes interpretações e fotografia inspirada. Todas essas qualidades têm dado à novela das onze da TV Globo, “Verdades Secretas”, bons índices de audiência. Entre tantos pontos positivos, porém, é preciso destacar um extremamente negativo: a falta de equilíbrio.  Decidido a mergulhar no submundo das agências de modelo e o ambiente de super luxo que as cerca, o autor Walcyr Carrasco exagerou. Entre os personagens principais, não há um sequer que tenha vida minimamente prosaica, trivial. Todos são decadentes, caóticos, sem escrúpulos. Para piorar, chantagens entre pais e filhos, estupros, uso pesado de drogas e outras violências são mostradas com um hiper-realismo digno do cinema americano.

O autor consegue a proeza de surpreender a cada capítulo e boa parte dos telespectadores segue diariamente a novela atraída por sua coragem. Querem saber até onde Walcyr e a Globo são capazes de ir. Quebrar essas barreiras televisivas seria algo bastante saudável se o mundo de “Verdades Secretas” não fosse tão over. Não existe ali ninguém que tome sua cervejinha, que pare para jogar bola, que tenha um romance equilibrado. Todos parecem à beira do precipício.

Mesmo o autor especialista nas perversões humanas, Nelson Rodrigues, temperava suas histórias com humor, com momentos corriqueiros, com simpáticas banalidades. A vida como ela é, enfim: boa e má. Os personagens da novela global não dão espaço para bondades, parecem dar razão àqueles comentários geralmente feitos por taxistas ou por rancorosos frequentadores de filas de banco: “Ninguém presta nesse mundo”.

Num momento em que a vida real anda tão pesada, obras de ficção assim podem ter sobre alguns telespectadores o efeito de aprofundar a desesperança. É claro que a liberdade do autor  tem que ser total e o criador não deve se limitar por esses parâmetros. Não está, porém, livre de críticas. Mesmo sendo sucesso no Ibope.

Verdades 3

Rodrigo Lombardi interpreta o protagonista, Alex

 

A GALERIA DE PERSONAGENS CAÓTICOS

Angel – A protagonista se prostituiu por um bom tempo e depois passou a namorar o homem que está casado com sua mãe.

Alex – Empresário rico, usa o dinheiro para conseguir o que quer. Pai ausente. Nos últimos tempos, trai a mulher com a própria enteada.

Carolina – É a tal que é vítima, dentro da própria casa, da traição do marido com a filha.

Giovanna – É filha de Alex. Tem um jeitão arrogante e também gosta de usar o dinheiro para chega ronde quer. Para conseguir seus objetivos, também trabalhou como prostituta de luxo. Detesta pobre e adora praticar bullying. Trama para estragar a vida amorosa do próprio pai.

Larissa – Modelo que se prostituiu e, viciada em crack, acabou na sarjeta. Numa das últimas cenas, cheia de realismo, foi vítima de estupro coletivo.

Verdades 4

Marieta Severo vive a personagem Fanny

Fanny – É cafetina de luxo e o próprio namorado, muitos anos mais novo, só está com ela em troca de dinheiro.

Visky – Personagem homossexual que é o braço direito de Fanny. Atualmente tem caso com uma mulher e vive dilema, tentando se afirmar a todo tempo como gay.

Anthony – Trabalha na agência e é garoto de programa. Tem relação homossexual com um estilista muito mais velho e podre de rico.

Guilherme – Apaixonado por Angel, se uniu a Giovanna para estragar o romance dela com Alex.

Stephanie – Mais uma garota de programa.

Pia – Mulher rica e consumista que não consegue controlar os filhos. Dá mais atenção ao namorado personal  trainer que a eles.

Bruno – Filho de Pia e Alex, é viciado em drogas pesadas. Protagonizou várias cenas em que aparece completamente drogado. Numa delas, teve overdose.

Roy – Modelo que teve problemas com drogas no passado e chegou a morar na rua. Ao conhecer Larissa, os dois se envolvem e se afundam cada vez mais no consumo de crack.

Lyris – Modelo da agência de Fanny que em um dos últimos capítulos foi morta a facadas.

 

 

1 responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *